SAÚDE

Prevenção de doenças e o autocuidado melhoram a saúde da população

Medidas sanitárias e o avanço da vacinação se destacam no Dia Nacional da Saúde, em homenagem ao cientista Oswaldo Cruz.

A pandemia do coronavírus representa um marco histórico que será lembrado por gerações. Apesar das dificuldades e prejuízos que a crise impôs, restarão aprendizados importantes. A tendência de valorização da Ciência e da saúde pode moldar um futuro melhor para todos.

 

Priorize a sua saúde

 

O maior apelo que se faz à população neste momento é cuidar da saúde, por meio do respeito às medidas de higiene e adoção à campanha de vacinação. No entanto, o cenário atual também fomenta o autocuidado de uma forma geral, buscando dar maior atenção às necessidades de saúde física e mental, e implementar mudanças na rotina que tragam bem-estar e longevidade.

 

Entre as dicas, uma das principais recomendações é investir em uma alimentação saudável e equilibrada, reduzindo o consumo de produtos gordurosos, com sal ou açúcar em excesso. A ingestão de nutrientes, em especial, vitaminas C, D e zinco, é fundamental para se manter saudável e preservar as células de defesa do organismo, mantendo um sistema imune fortalecido, que seja capaz de prevenir e combater infecções. Leia mais no Blog Bayer: O sistema imunológico depende de hábitos saudáveis para funcionar plenamente.

 

No Dia Nacional da Saúde, celebrado em 5 de agosto, a data carrega reflexões que são ainda mais importantes durante uma pandemia. Criado pelo Decreto-lei n° 5352, o Dia Nacional da Saúde homenageia o famoso médico e cientista Oswaldo Cruz, com o objetivo de promover a educação sanitária e conscientizar sobre o valor da saúde. Cruz se destacou no combate à epidemia de febre amarela, e de surtos de peste bubônica e varíola1.

 

Neste momento de corrida pelas vacinas contra a covid-19, faz ainda mais sentido relembrar a trajetória e homenagear o sanitarista Osvaldo Cruz, que se tornou um ícone do movimento de valorização da vacinação e campanhas de medidas sanitárias.

 

A sociedade ainda terá uma longa trajetória de cuidados para conter o coronavírus, então a conscientização sobre saúde e coletividade é essencial. “As vacinas não vêm com o objetivo de evitar transmissão, o grande benefício é diminuir o risco de óbito e hospitalização, temos que continuar com as medidas de prevenção. Seguiremos por 2, 3 anos nessa luta até que a taxa de transmissão do vírus caia bastante, e aí sim poderemos tirar máscaras com total segurança”2, orientou Alexandre Naime, chefe do Departamento de Infectologia da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em reportagem da CNN Brasil.

 

A Bayer corrobora o controle de doenças e medidas sanitárias, destacando-se como uma companhia de nutrição e saúde que desenvolve a Ciência para uma vida melhor, buscando impactar positivamente a população e as comunidades onde atua.

 

Prevenção de doenças

Em se tratando de autocuidado e promoção do bem-estar, uma das principais recomendações dos especialistas é monitorar a saúde cardíaca. Você sabia que as doenças cardiovasculares representam a principal causa de mortes no mundo? De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), elas responderam por 31% dos óbitos, registrando 17,9 milhões de mortes em 20163.

 

A prática de exercícios físicos, bem como controlar o peso e manter colesterol, triglicerídeos e pressão sanguínea em níveis adequados são recomendações para uma vida cardíaca saudável. Nesse contexto, a chave é ter uma alimentação saudável para que o coração seja preservado. “Muitas pessoas respondem bem às mudanças na dieta. Ela tem que ser a base do tratamento”4, afirmou o cardiologista José Rocha Faria Neto, professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), em notícia da revista Saúde.

 

Existem ainda muitas doenças triviais que, embora não provoquem óbitos, causam transtornos para as pessoas e oneram os sistemas de saúde. Entre os exemplos estão candidíase vaginal, resfriado, diarreia e lombalgia. De acordo com um estudo conduzido pela Associação Latino-Americana de Autocuidado Responsável (ILAR), o atendimento de saúde no sistema público para tratar essas quatro doenças citadas geram gastos de cerca de US$1.2 bilhão (equivalente a R$5.9 bilhões) anualmente no Brasil5.

 

Portanto, além de saúde para as pessoas, investir em autocuidado significa economia para os cofres públicos. “A discussão sobre o autocuidado é de extrema importância, já que pode não só ajudar as pessoas a entenderem como praticá-lo, mas também sobre o seu potencial na otimização de recursos e serviços nos sistemas de saúde, empoderando o indivíduo para que ele cuide de si próprio e de sua família, e, como consequência, da sociedade e do ambiente em que vive”, explicou Sydney Rebello, Presidente da divisão de Consumer Health da Bayer no Brasil, em comunicado.

 

A Bayer estimula hábitos saudáveis e desenvolve soluções inovadoras para tratar diversas doenças, contribuindo com especialidades médicas tais como a dermatologia, ginecologia, hematologia, nefrologia, oftalmologia e, em especial, a medicina cardiovascular6. Leia também: Chega ao Brasil nova opção de tratamento para pacientes com alto risco de problemas cardiovasculares.

 

Outra área de destaque para a Bayer e muito importante para a população é a oncologia, que vem registrando avanços científicos relevantes para o combate ao câncer. A Bayer investe continuamente em pesquisa e desenvolvimento, para promover tratamentos cada vez mais modernos e eficazes, que possam controlar tumores trazendo qualidade de vida para os pacientes7. Saiba mais: oncologia de precisão moderniza o combate ao câncer.

O que você tem feito para cuidar da sua saúde?

Durante agosto, mês em que também se comemora o Dia dos Pais, as reflexões sobre melhorias em saúde devem sensibilizar os homens. Qual pai não gostaria de ser mais saudável, ter energia para brincar com as crianças e longevidade para acompanhar o desenvolvimento dos filhos?

 

Culturalmente, eles ainda podem negligenciar a saúde, em decorrência de tabus e receio de ir ao médico, em especial o urologista. Mitos de saúde masculina podem dificultar a realização de exames importantes para a prevenção de doenças como o câncer de testículo e de próstata, que podem ter um desfecho fatal. Saiba mais em: Conscientização sobre saúde masculina ainda é tabu que deve ser quebrado.

 

O autocuidado está ganhando relevância. Medidas simples do dia a dia como hidratar a pele, cuidar da dieta, praticar exercícios físicos e realizar exames de rotina são exemplos de dicas fundamentais para a promoção da saúde no longo prazo. A Bayer desenvolve soluções inovadoras para o autocuidado e investe continuamente em pesquisas e projetos que beneficiam a saúde das pessoas. Leia também: Quais são os passos para valorizar o autocuidado?