MELHORANDO VIDAS

Quais são os passos para valorizar o autocuidado?

Pesquisa da Bayer realizada pelo Ibope revela as percepções da população sobre o autocuidado, e as ações adotadas no dia a dia

O autocuidado é um tema que vem ganhando cada vez mais relevância, especialmente em tempos de pandemia do coronavírus. Muitas pessoas buscam adotar hábitos mais saudáveis, reavaliando a dieta, a rotina de exercícios físicos e outros cuidados para a promoção da saúde e bem-estar.

Você sabia que 23% das pessoas passaram a se preocupar mais com a imunidade? Outro dado interessante é que 14% das pessoas iniciaram o uso ou aumentaram a ingestão de suplementos vitamínicos durante a pandemia. Essas informações foram obtidas por meio de uma pesquisa do Ibope, que foi encomendada pela Bayer para entender melhor o cenário de autocuidado no Brasil. Leia também: saiba como turbinar a sua imunidade!

 

O Ibope investigou como a população enxerga o tema e busca adotar ações de autocuidado. A pesquisa revelou que os assuntos de maior relevância para a rotina de autocuidado são adotar uma dieta com alimentos mais naturais, praticar exercícios para evitar o sedentarismo, e realizar exames médicos regularmente.

 

Após entrevistas online com duas mil pessoas de diferentes perfis e de todas as regiões do Brasil, a pesquisa mostrou que 84% das pessoas buscam ter uma rotina de autocuidado. No entanto, somente 1/3 acredita que consegue se cuidar da maneira desejada, e 50% gostariam de olhar mais para a saúde do corpo e da mente.

 

Prioridades para a saúde

A alimentação despontou como prioridade máxima para quem deseja investir em autocuidado. Cerca de 9 a cada 10 respondentes associaram a saúde com a dieta, e 81% desejam se alimentar melhor. Segundo a maioria dos entrevistados, a dieta teria como foco melhorar a saúde e não teria como finalidade o emagrecimento. Leia também: você está consumindo a quantidade ideal de vitaminas e minerais?

 

O papel da alimentação também foi destacado como fundamental para a saúde de gestantes de bebês. Segundo o estudo, 98% concordam que a alimentação materna influencia na saúde do bebê durante a gravidez, e 99% acreditam que os índices nutricionais e a dieta da mãe interferem na amamentação. Leia também: alimentação saudável deve ser uma prioridade para as gestantes.

 

A prática de atividades físicas também teve destaque como um pilar de autocuidado e já faz parte da rotina de 2/3 dos entrevistados, sendo que 29% deles praticam exercícios de duas a quatro vezes por semana. Por outro lado, 28% dos entrevistados ainda não se exercitam, mas planejam adotar o hábito o quanto antes.

 

Rotina de autocuidado

O sono também foi abordado como ação de autocuidado durante o estudo e 62% dos entrevistados afirmaram conseguir dormir por mais de 6 horas todas as noites. Embora a rotina de skincare seja associada ao autocuidado, o cuidado com a pele não ficou no topo das prioridades durante a pesquisa. O hidratante corporal é um produto utilizado em cuidado diário por 1/3 das pessoas, mas 56% dos entrevistados admitiram que só usam o produto ocasionalmente.

 

Indagados sobre a saúde, descobriu-se que a manifestação de dor (dores nas costas, dor de cabeça, entre outras) está presente no cotidiano de 75% dos respondentes, e 54% deles tomam analgésico pelo menos uma vez ao mês. Dentre outros assuntos investigados, destaca-se o resultado de que 73% das mulheres usam produtos como sabonetes para cuidar da saúde íntima feminina, e 52% da mulheres relataram já ter tido candidíase, uma doença fúngica na vagina. Outras doenças preocupantes são a micose, frieira ou pano branco, que já acometeram 56% dos participantes da pesquisa.

 

Os resultados gerais da pesquisa, realizada em junho de 2020, demonstraram que 50% das pessoas cuidam da saúde e bem-estar todos os dias, enquanto 19% investe em ações de autocuidado de duas a quatro vezes por semana. Os benefícios do autocuidado também foram apontados pelos entrevistados, que apontaram o estímulo do sistema imunológico (31%), redução da probabilidade de adoecer (25%) e promoção do bem-estar (21%). Leia também: será que você sabe mesmo o que é autocuidado?

 

Tags: autocuidado, imunidade, saúde, bem-estar, alimentação, exercícios físicos.