SAÚDE

Conscientização sobre saúde masculina ainda é tabu que deve ser quebrado

Eles precisam se conscientizar da importância de ir ao urologista para prevenir diversas doenças, como o câncer de testículo e de próstata.

A ciência promove evoluções que fazem história e transformam especialmente a medicina humana, com o lançamento de medicamentos, tecnologias em diagnóstico, entre outras inovações que proporcionam mais qualidade de vida e longevidade para as pessoas.

 

Autocuidado com a saúde masculina

 

Tais avanços não fazem distinção em relação ao gênero, visto que as tecnologias são lançadas para beneficiar toda a população. No entanto, ainda existem tabus que prejudicam os homens. Enquanto as mulheres geralmente visitam um ginecologista desde a adolescência e realizam exames de rotina para cuidar da saúde íntima, culturalmente eles não têm esse hábito.

 

Por vergonha, receio ou desconhecimento, os homens não costumam frequentar os consultórios de urologia. Durante uma live sobre sexo seguro promovida pela Bayer em sua página no Facebook, o urologista Dr. Murilo Luz esclareceu sobre tabus que envolvem a saúde do homem e contou que as principais preocupações deles estão relacionadas ao tamanho do pênis, libido e impotência. Leia também no Blog Bayer: Sexo sem tabus.

 

O médico esclareceu sobre doenças sexuais, deformações congênitas e complicações como a fimose, que causa dor no pênis e prejudica relações sexuais. “O homem precisa buscar atendimento médico em várias etapas ao longo da vida, deveria procurar um urologista quando iniciar a atividade sexual, quando vai ter um filho, sempre quando existirem dúvidas. Alterações de libido e hormonais impactam homens também. O homem não é tão simples quanto a gente imaginava”1, afirmou o médico durante a live. Confira a gravação.

 

O acompanhamento com um urologista é essencial para prevenir infecções sexualmente transmissíveis, disfunções miccionais, câncer de próstata e de testículo, por exemplo. “As novas gerações têm o hábito de procurar o urologista com maior frequência que os homens mais idosos, mas ainda assim é comum vermos casos de doenças avançadas diagnosticadas tardiamente, devido à falta do acompanhamento médico preventivo”2, afirmou o Dr. Daher Chade, urologista do Hospital Sírio Libanês e do Instituto do Câncer de SP em comunicado.

 

A partir dos 45 a 50 anos, a visita ao urologista é importante para que cada indivíduo possa discutir com seu médico a melhor estratégia de rastreamento do câncer de próstata.

 

Câncer de próstata

O câncer de próstata é o segundo tipo mais comum entre os homens brasileiros, perdendo apenas para a incidência de câncer de pele não melanoma. O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estimou 65.840 novos casos de câncer de próstata em 2020 e 15.576 óbitos3.

 

Por se tratar de uma doença mais silenciosa em seu início, os homens devem ficar atentos e não negligenciar a necessidade de ir ao urologista. A detecção precoce é uma estratégia fundamental para ter melhores chances de cura, em que o tumor é controlado em fase inicial. Leia também: Por que é tão importante falar sobre a saúde do homem?

 

A Bayer é uma empresa que promove a ciência para uma vida melhor, colaborando para combater o câncer por meio do desenvolvimento de inovações que trazem qualidade de vida para os pacientes.

 

PP-NUB-BR-0152-1

 

Tags: homens, saúde masculina, saúde do homem, câncer de próstata, urologista.

 

Referências:

1https://www.bayer.com.br/pt/blog/dia-dos-namorados-combina-com-sexo-sem-tabus

2https://www.hospitalsiriolibanes.org.br/imprensa/noticias/Paginas/Homens-devem-realizar-check-up-anualmente.aspx

3https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/cancer-de-prostata