SAÚDE

Cuidado com os riscos das doenças respiratórias

Adotar uma alimentação saudável, rica em nutrientes, e realizar a suplementação com vitamina C sempre que for necessário está entre as medidas para manter a saúde durante o inverno

Quando as temperaturas médias começam a declinar, a população tira os casacos dos guarda-roupas e começa a se preparar para a estação mais fria do ano. Além do tempo geralmente mais frio e seco, a tendência é que as pessoas permaneçam mais tempo em ambientes fechados, o que colabora para a incidência de doenças respiratórias, como resfriados, gripes, sinusites, pneumonias, e alergias como rinites e asma.

 

cuidado-com-os-riscos-das-doencas-respiratorias

 

Por essa razão, não basta apenas se agasalhar bem, é preciso cuidar mais da saúde durante as estações de outono e inverno. “Nesta época, as gripes podem precipitar quadros de sinusite e asma, o agravamento de doenças pré-existentes e a própria pneumonia. Todo esse conjunto de fatores e infecções levam à precipitação de alergias que, se não forem bem cuidadas, podem levar a infecções. É um ciclo vicioso” , explicou o pneumologista Ricardo Melo, em notícia do jornal Correio Braziliense.

 

O frio, associado à queda da umidade do ar, pode prejudicar as vias aéreas, dificultar a respiração e causar grande desconforto. Então, em muitos casos podem ser recomendadas a utilização de umidificadores no ambiente e a hidratação das mucosas nasais com soro fisiológico. O corpo tende a ficar mais suscetível à entrada de vírus respiratórios no organismo durante o outono e o inverno.

 

A influenza (gripe) está entre as viroses mais frequentes em todo o mundo, sendo causa de surtos e pandemias. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 1 bilhão de casos da doença são notificados todos os anos, sendo que de 3 milhões a 5 milhões de casos se manifestam de forma grave, provocando de 290 mil 650 mil mortes4.

 

Dessa forma, sempre vale a pena reforçar a importância da vacinação contra a influenza. “As vacinas contra a influenza podem não só prevenir a doença a que se destinam, como também diminuir o número de pessoas que procurarão as unidades de saúde com sintomas semelhantes aos da covid-19”, orientou a Sociedade Brasileira de Imunizações em nota técnica.

 

Rotina saudável

Além disso, é fundamental cuidar da alimentação, beber muita água e manter uma rotina saudável, para favorecer a imunidade. Quando o sistema imune está fortalecido, as células de defesa do organismo conseguem lutar contra microrganismos, prevenindo e combatendo doenças. Leia também: Descubra como fortalecer a imunidade.

 

Para que esse exército da saúde humana trabalhe de forma plena, a alimentação deve fornecer os nutrientes necessários para a manutenção do sistema imunológico. A dieta deve suprir especialmente a demanda por vitamina C (ácido ascórbico), zinco, vitamina A, ácido fólico, vitamina B6, vitamina B12, vitamina E, vitamina D, cobre, ferro e selênio4.

 

Para quem busca suplementação, a Bayer oferece o Redoxon® Tripla Ação CR. Esse lançamento da Bayer tem uma fórmula avançada, que reúne o poder da vitamina C, com uma alta dose de 1.000 mg, reforçada com vitamina D e zinco. Juntos, esses nutrientes colaboram para o fortalecimento do sistema imunológico e também oferecem ação antioxidante, auxiliando na proteção do organismo contra os radicais livres. Redoxon® Tripla Ação CR é indicado para prevenir e tratar infecções respiratórias, tais como gripes e resfriados comuns, diminuindo o risco, a duração e a intensidade dos sintomas.

 

Redoxon® Tripla Ação CR. (1g ácido ascórbico, 455 UI de colecalciferol e 10 mg de zinco) Reg. MS 1.7056.0122. Indicado para a prevenção e o tratamento das infecções do trato respiratório, tais como gripes e resfriados comuns, reduzindo o risco, a duração e a intensidade dos sintomas, através do reforço do sistema imune e proteção contra os danos causados pelos radicais livres (ação antioxidante). Contraindicação: pacientes com insuficiência renal. Cuidados e advertências: não ultrapassar a dose recomendada. NÃO USE ESSE MEDICAMENTO EM CASO DE DOENÇAS GRAVE DOS RINS. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

 

Tags: inverno, gripe, resfriado, doenças respiratórias, vitamina C, imunidade, Redoxon.

 

Referências

1https://www.correiobraziliense.com.br/cidades-df/2021/05/4921744-chegada-do-frio-no-df-acende-alerta-aos-cuidados-com-a-saude.html

2https://sbim.org.br/images/files/notas-tecnicas/nt-vacinas-influenza-brasil-2021-v2.pdf

3https://www.bayer.com.br/pt/blog/descubra-como-fortalecer-a-imunidade

4https://www.redoxon.com.br/produtos/redoxon-tripla-acao-cr/