13/11/2018

Novembro azul: vida e bem-estar em primeiro lugar

Campanha de conscientização reforça importância de exames para diagnóstico precoce do câncer de próstata

O mês de novembro começou e já estamos aqui para tratar de um assunto de suma importância para os homens: o câncer de próstata. Inspirados na campanha Novembro Azul — que surgiu para reforçar a conscientização trazida pelo Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata comemorado no dia 17 deste mês —, vamos mobilizar uns aos outros a priorizar a vida e não o preconceito.

Essa é a hora de demonstrarmos, ainda mais, o foco na saúde (carro-chefe da companhia que deve estar acima de tudo!), e a importância da realização dos exames, sejam de sangue, de imagem ou físico com toque retal. Isto é fundamental para a prevenção e detecção de doenças masculinas que incluem o câncer de próstata e de testículo, entre outras.

Nosso objetivo principal em apoiar a campanha é transformar públicos de qualquer gênero em agentes motivadores, capazes de disseminar a importância dos check-ups médicos e de incentivar familiares a realizá-los periodicamente. Isso sem falar do incentivo aos nossos próprios colaboradores: todos devem estar em dia com seus exames.

Atenção aos dados!

  • O câncer de próstata é a segunda maior causa de morte (depois do câncer de pele) em homens no Brasil.
  • A doença é diagnosticada em cerca de 68 mil homens por ano (número aproximado à capacidade de um estádio de futebol lotado).
  • Na maioria dos casos, o câncer cresce de forma lenta (leva cerca de 15 anos para atingir 1 cm3) e não chega a dar sinais ou ameaçar a saúde do homem.
  • Exames anuais são recomendados a todos os homens a partir dos 50 anos de idade, ou 45 anos quando houver fatores de risco.
  • Quando diagnosticado precocemente, o câncer de próstata tem 90% de chances de cura.

Tipos de exame

PSA - Exame de sangue que mede a quantidade de Antígeno Prostático Específico (PSA), que é uma proteína produzida pela próstata. A elevação dos seus níveis pode significar câncer, mas também doenças benignas da região.

Toque - De acordo com os especialistas, o toque retal é a forma mais segura de detectar anormalidades. Rápido e indolor, o exame é parte fundamental tanto para detectar o estágio da doença quanto para definir o tipo de tratamento.

Como surgiu a campanha

Embora a conscientização do público masculino quanto à necessidade de visitar o médico e realizar exames de prevenção a doenças tenha o ano de 2003 como marco inicial, por meio da campanha Movember da Austrália, no Brasil esse movimento tomou forças em 2008 por meio do Instituto Lado a Lado Pela Vida.

A campanha, que a princípio era intitulada “Um Toque, Um Drible”, tomou forças e a partir de 2013 passou a ser conhecida como Novembro Azul. Hoje com visibilidade mundial, conta com o apoio de milhares de empresas, sobreviventes da doença e simpatizantes que reforçam o tema por meio de reuniões, palestras, iluminações de prédios e monumentos, ações em locais de grande circulação, uso das cores e do símbolo do movimento etc.

Para mais informações sobre a campanha, visite o site:

http://www.ladoaladopelavida.org.br/novembro-azul