07/05/2019

Bayer: forte início operacional para o ano

  

O Bayer Group alcançou um forte começo de ano em seus negócios operacionais. "Um fator importante para este sucesso foi o nosso negócio agrícola, enquanto a indústria farmacêutica também apresentou um desempenho encorajador", disse Werner Baumann, presidente do Conselho de Administração, na quinta-feira ao apresentar o relatório trimestral para o primeiro trimestre de 2019.

  • Vendas do grupo aumentaram 4,1% (ajustes de câmbio e portfólio), atingindo € 13.015 bilhões
  • Aumento de 44,6% no EBITDA (antes de itens extraordinários), atingindo € 4.188 bilhões
  • Crop Science divulga aumento significativo em vendas e ganhos após aquisição
  • Pharmaceuticals revela bom crescimento em vendas e ganhos
  • Consumer Health fica abaixo do volume em vendas em comparação ao mesmo trimestre no ano anterior; previsão para o ano fiscal é mantida
  • Confirmada previsão de queda na receita de 36,5% (para € 1.241 bilhão) após aquisição e reestruturação
  • Ganho por ação aumentou 13,8%, atingindo € 2,55
  • Previsões comerciais mantidas para o ano fiscal de 2019

Leverkusen, Alemanha, 25 de abril de 2019 – O Grupo Bayer apresentou um bom começo de ano operacional. "Um fator importante para esse sucesso foram nossos negócios agrícolas, mas a divisão de Pharmaceuticals também apresentou bom desempenho", afirmou o presidente do Conselho Administrativo Werner Baumann durante a apresentação dos resultados para o primeiro trimestre de 2019. Graças à aquisição dos negócios agrícolas, a divisão de Crop Science reportou um aumento de mais de 100% em vendas e ganhos. O setor farmacêutico também reportou crescimento significativo em vendas e ganhos. Na divisão de Consumer Health, no entanto, as previsões se confirmaram, e os resultados ficaram abaixo dos alcançados no mesmo período do ano anterior. Werner Baumann manteve também as previsões do Grupo Bayer para o ano de 2019.

A empresa também está em dia com os planos para desinvestir os negócios de Animal Health. Após analisar diversas estratégias nos últimos meses, o foco primário é vender a divisão. No entanto, a Bayer ainda estuda as opções para maximizar o valor da empreitada. Há diversos processos em andamento para essa iniciativa.