20/03/2020

Posicionamento oficial sobre o medicamento cloroquina

Frente a uma pandemia global de coronavírus (COVID-19), é necessário seguir múltiplas abordagens para o tratamento de pacientes. A Bayer produz o medicamento cloroquina para prevenção e tratamento de malária (sob nome comercial de Resochin), que as autoridades chinesas incluíram nas recomendações de tratamento para SARS-CoV-2. Novos dados, embora ainda limitados, de uma pesquisa pré-clínica e em evolução inicial realizada na China, mostram potencial para o uso de Resochin no tratamento de pacientes com infecção por COVID-19.

O Resochin é um produto que não é registrado para uso no Brasil, e há regulamentações médicas e regulatórias específicas de cada país, e também questões de limitação de produção por parte da empresa que devem ser consideradas. No Brasil, há outros laboratórios que produzem a cloroquina, então caso haja uma comprovação da eficácia deste princípio ativo para tratamento do COVID-19, a população brasileira poderia se beneficiar deste fato.

A Bayer está trabalhando globalmente em diversas frentes para ajudar no combate à pandemia do COVID-19. No Brasil, lideranças da empresa estão em contato direto com as autoridades nacionais para definirem juntas a melhor maneira de a empresa apoiar o País no controle do COVID-19.

Importante reforçar a importância de sempre consultar um médico antes de ingerir qualquer medicamento, ele é o profissional capacitado para orientar acerca do melhor tratamento para cada pessoa.