PLURAL

Uma transição de carreira para transformar vidas

Quando comecei minha carreira profissional, há aproximadamente dez anos, jamais poderia imaginar que estaria ocupando a posição que tenho hoje.

Sempre tive muito claro para mim o objetivo de seguir uma carreira em uma empresa que, junto do impacto positivo onde atuasse, me desse a oportunidade de trabalhar diretamente conectado à cadeia produtiva – lembranças da admiração que tinha ao ver as fábricas a todo vapor na cidade em que nasci e cresci, São Jose dos Campos. Além disso, tinha um desejo latente por vivências e trocas culturais em alguma experiência que me proporcionasse morar no exterior.

 

Uma transição de carreira para transformar vidas

 

Olhando para trás, posso dizer que foi exatamente isso que aconteceu até pouco tempo. Comecei fazendo estágio na produção de uma multinacional química, uma experiência profissional desafiadora em Buenos Aires. Voltando ao Brasil, tive a oportunidade de trabalhar em diversas áreas de Supply Chain na Bayer Crop Science. Foi justamente nesse período, em que respirava toda a rotina de Supply Chain, que, motivado por razões pessoais e entendendo que era o momento certo, decidi me aprofundar e fazer parte do grupo de afinidade LGBTQIA+ da empresa. Foi a partir daí que grandes mudanças aconteceram comigo, tanto no âmbito pessoal, quanto no profissional, e que me fazem até hoje reconhecer o poder que as organizações têm de transformar vidas.

 

Atuando nesse grupo de afinidade, conheci novos universos dentro da companhia, tive contato com habilidades que até então eu nunca tinha explorado e tive o privilégio de conhecer algumas pessoas muito especiais neste caminho. Elas me desafiaram e trouxeram visões sobre carreira que levo até hoje comigo. Então, iniciei uma jornada de aproximadamente um ano comigo mesmo, me conectando com minha essência, trocando perspectivas com diversas pessoas dentro da organização e trilhando um caminho que me levou a tomar uma das decisões mais difíceis e corajosas da minha vida: fazer uma transição de carreira de Supply Chain para Recursos Humanos, assumindo uma posição de Inclusão e Diversidade.

 

Quando olho para trás, vejo que toda essa trajetória só foi possível porque ela acompanhou o mesmo timing da minha jornada pessoal, e que esse caminho foi trilhado com muita dedicação, resiliência e apoio de pessoas que sempre me trouxeram reflexões importantes. Hoje posso dizer, com muita certeza, que tenho um enorme orgulho em trabalhar todos os dias com o que me move por dentro, e que, além disso, me dá a possibilidade de proporcionar ao outro o mesmo que a organização fez comigo há poucos anos: transformar vidas.

 

Um abraço a todos e obrigado por estarem comigo até aqui!

 

Tags: mudança de carreira, transformar vidas, carreira, trajetória.

KleberKleber é formado em Administração de Empresas e especializado em Negócios Internacionais, tendo iniciado sua carreira na Basf e ingressado na Bayer em 2015, na área de Supply Chain Management de Crop Science. Atualmente, atua no RH, e é responsável por toda estratégia de Inclusão e Diversidade para Bayer do Brasil.