INOVAÇÃO

LifeHub SP é inaugurado!

Em evento digital, a Bayer inaugurou hub de inovação aberta que tem a missão de conectar colaboradores, parceiros, clientes, universidades e startups.

A Bayer deu um passo importante para promover novas soluções. Foi inaugurado o LifeHub SP, um hub de inovação aberta com foco em nutrição e saúde, que abre espaço para networking, processos de cocriação e mentoria entre os colaboradores da empresa, startups, pesquisadores, parceiros e clientes da Bayer em um ambiente criado especialmente para fomentar novas ideias e acelerar a criação de soluções para a sociedade. A novidade foi celebrada durante o Bayer Life 2020, evento online realizado nos dias 24 e 25 de novembro.

 

LifeHub SP inaugurado

 

O CEO global da Bayer, Werner Baumann, comentou sobre os compromissos e as metas da empresa, citando novidades como a Iniciativa Carbono Bayer e a importância dos Life Hubs da empresa. “Os Life Hubs são locais para criar um ambiente de colaboração e espírito inovador. A tecnologia, a ciência e a curiosidade estão no centro do trabalho. Esses espaços tornam sonhos em realidade, para que possamos ficar mais preparados para a próxima década”, disse.

 

Durante a abertura do evento online de inauguração, Marc Reichardt, CEO da Bayer Brasil, lembrou as estratégias, visando o futuro e o papel da empresa, que desenvolve ciência para uma vida melhor. “Para fazer a diferença na vida das pessoas, a Bayer sempre soube encarar novos desafios e se transformar. Essa transformação está voltada para a colaboração. A cooperação, a diversidade e a inclusão fomentam a inovação para construir um futuro sustentável para todos”, afirmou Reichardt.

 

Debates inspiradores

O primeiro dia do evento online Bayer Life 2020, transmitido ao vivo pelo canal da Bayer no YouTube, contou com três painéis, sobre inovação, sustentabilidade e pessoas. Foi apresentado pela jornalista Mari Palma, e contou com a participação de Ricardo Garrido (Amazon), Camila Novaes (Visa), Viviane Filipini (Bayer), Ricardo Voltolini (Plataforma Liderança Sustentável), Barbara Dunin (Pacto Global), Eduardo Bastos (Bayer), Nina Silva (Black Money), Luiz Sérgio da Cruz (Grupo Bridge), Marc Tawil (LinkedIn Top Voice) e Flavia Ramos (Bayer). Confira na íntegra a live do dia 24/11 aqui.

 

Os participantes trataram sobre vários assuntos relevantes, como a importância da inclusão e diversidade para os negócios e o compromisso com a sustentabilidade. Embora o conceito ESG (Governança Ambiental, Social e Corporativa) e o combate às mudanças climáticas sejam prioritários, a luta pela sustentabilidade enfrenta desafios.

 

Segundo Ricardo Voltolini, da Plataforma Liderança Sustentável, a população ainda é carente de informação. É preciso informar para alcançar um estágio de engajamento em prol do meio ambiente. “No Brasil temos uma população ainda pouco interessada e informada sobre esses temas. Mais da metade da população não sabe o que são as mudanças climáticas”, pontuou Voltolini.

 

O segundo dia de debates tratou sobre os temas Transformação Digital, Inovação Aberta e Dados e Empreendedorismo, com apresentação da jornalista Cris Dias. Contou com os participantes Silvio Meira, Bruno Oliveira (Nestlé), Rafael Campolina (Natura), Dirceu Ferreira Jr (Bayer), Tallis Gomes (Easy Taxi, Singu), Rafael Garcia (Climate) e Elissa Suzuki (Bayer). Veja a gravação da live aqui.

 

Entre os destaques, Silvio Meira compartilhou experiências do parque tecnológico Porto Digital, em Recife. Houve uma ampla reflexão sobre o movimento de startups e criação de um mindset em rede que está redefinindo processos, e fazendo com que empresas revejam estratégias e metas, transitando do mundo físico para o mundo digital. “O lugar de trabalho passa a ter mais gente trabalhando remotamente, a performance é cada vez mais habilitada para sistemas digitais. A inovação depende muito de pessoas. Para isso, todos devem adquirir novas habilidades”, afirmou Meira.

 

LifeHub SP

O primeiro hub de inovação da Bayer na América Latina foi construído na sede da empresa em São Paulo. Segundo Caspar Van Rijnbach, líder de IT na Bayer Brasil, trata-se de um espaço que conta com 1.500 metros quadrados. O hub engloba 40 estações abertas de trabalho, auditório, laboratório experimental e um estúdio para gravações.

 

A Bayer está em uma jornada de transformação digital, busca se conectar com ecossistemas e encontrar sinergias, seguindo a visão de negócios “saúde para todos e fome para ninguém”. “A Bayer tem uma grande história de inovação e entende que, para enfrentar desafios, precisa colaborar mais com ecossistemas, para desenvolver soluções relevantes em nutrição e saúde”, afirmou Van Rijnbach.

 

Tags: Life Hub, inovação, transformação digital, colaboração, cocriação.