INOVAÇÃO

Bayer inova com processos seletivos baseados em inteligência artificial

Projeto AI4Talents da Bayer implanta plataforma inteligente, para aperfeiçoar os processos seletivos, recrutando candidatos com eficiência e de forma mais inclusiva, segura e transparente.

A Inteligência Artificial (IA), também conhecida pela sigla em inglês “AI” (artificial intelligence), é uma forte tendência em vários setores. Trata-se de um vasto campo de conhecimento que desenvolve tecnologias para que as máquinas possam “pensar”, “aprender” e realizar tarefas de forma autônoma.

Para muitas pessoas, isso pode parecer um tema de ficção científica. Contudo, a verdade é que a inteligência artificial está mais presente no cotidiano do que se imagina. Aplicativos de música e streaming de vídeo, sites de pesquisas na internet, assistentes virtuais e redes sociais já fazem uso de algoritmos inteligentes que aprendem sobre o comportamento do usuário, para aprimorar e personalizar a experiência de uso das tecnologias. Várias empresas e entidades estão investindo em IA, para automatizar atividades e aprimorar os negócios.

 

Iniciativa AI4Talents

A Bayer está na dianteira desse movimento de transformação digital, aperfeiçoando processos e apostando em tecnologias disruptivas. Leia mais em: Big Data e cultura orientada por dados avançam na Bayer. A inteligência artificial já traz inovações para várias áreas da companhia, como, por exemplo, a solução Climate FieldView, da Bayer. A plataforma digital utiliza algoritmos para coletar e processar automaticamente um enorme volume de dados agrícolas. Com isso, o agricultor consegue acompanhar detalhes das operações agrícolas, monitorando os trabalhos de campo em tempo real pelo aplicativo da plataforma no iPad.

 

Então, por que não aproveitar essa nova onda tecnológica para desenvolver também a gestão de talentos? A inteligência artificial se tornou uma aliada para encontrar os melhores talentos para a Bayer, por meio da iniciativa global "AI4Talents". O projeto, cuja sigla em inglês significa “inteligência artificial para talentos” está sendo desenvolvido em fase piloto e, até o fim de 2020, será implantado nas maiores operações da Bayer pelo mundo. No Brasil, o trabalho já foi iniciado em outubro.

 

O projeto AI4Talents utiliza a plataforma de inteligência artificial Eightfold, que ajuda os recrutadores a encontrar os talentos mais adequados para as vagas em aberto da Bayer. “Nos últimos meses, aprendemos muito sobre a maturidade das ferramentas de IA no mercado, a prontidão de IA de nossa organização e nosso cenário de TI, bem como sobre o valor agregado para nossas práticas. Há um potencial significativo na IA para facilitar nossa carga de trabalho, e acelerar nossos processos e decisões”, explica Andreas Günther, chefe de RH global da Bayer.

 

Oportunidades iguais

Um dos diferenciais é que a plataforma contratada pela Bayer foi construída com algoritmos que promovem oportunidades iguais para todos. A metodologia de seleção de candidatos da Eightfold mantém o anonimato sobre informações de gênero, etnia, idade e escolaridade.

 

O objetivo é prevenir vieses inconscientes de seleção e proporcionar a todos o melhor direcionamento de carreira, promovendo a diversidade de talentos e a inclusão. “Estamos lançando o Eightfold como parte da AI4Talents e, portanto, investindo fundamentalmente no desenvolvimento de pessoal e carreira na Bayer. Essa implementação representa um passo para o mundo de amanhã. Para muitos colaboradores, significa que serão capazes de aprimorar seu próprio desenvolvimento pessoal dentro da empresa”, afirma Holly Quincey, Head Global Talent Attraction & TA Solutions.

 

A plataforma Eightfold realiza a seleção, e classifica candidatos com base em habilidades e experiências. O software, então, sugere talentos para as vagas, que depois são avaliados pelos recrutadores, business partners e gestores da Bayer, para que eles decidam sobre entrevistas e contratações. “A nova tecnologia vai assumir tarefas, mas ao mesmo tempo também gera novas tarefas. E é sempre o ser humano que está por trás de todas essas tecnologias e toma decisões”, diz Andreas.

 

A plataforma promete analisar automaticamente milhões de perfis de candidatos com rapidez, reduzindo o tempo de aquisição de talentos em 90%. “Isso nos dá a oportunidade de aprender e melhorar a cada dia, para que possamos preencher as vagas em nosso grupo de forma mais eficaz e possibilitar mais carreiras. Fundamentalmente, é muito simples – quanto melhor conhecermos nossos grupos-alvo e equipe, melhor poderemos adequar nossas ofertas a eles”, afirma Quincey.

 

Com a adoção da plataforma Eightfold, a iniciativa AI4Talents revoluciona o trabalho dos recrutadores na Bayer, tornando o processo mais eficiente e inclusivo, de forma justa, transparente e segura, e respeitando todas a legislações e políticas de privacidade. Leia também: A aceleração da transformação digital.

 

Tags: inteligência artificial, Bayer, processos seletivos, recursos humanos, talentos, IA.