PLURAL

Somos diversos, alegres e fortes

O dia 1º de fevereiro de 2021 está marcado na vida de 19 pessoas negras como o início de um ciclo transformador.

Olá, meu nome é Marcelle Costa. Junto de 18 pessoas incríveis, neste ano participo do Programa de Trainees Liderança Negra da Bayer. Eu me refiro a ele quando falo sobre um ciclo transformador e vou tentar explicar o motivo.

 

Diversos, alegres e fortes

 

Quando a Bayer anunciou, em 2020, que o processo de seleção para seus novos trainees seria exclusivo para pessoas negras, tornando-se uma pioneira neste tipo de iniciativa no Brasil, o fato se tornou notícia e gerou fortes reações na sociedade.

 

O processo de seleção – que foi conduzido de maneira brilhante, proporcionando a mim e aos demais trainees uma experiência surpreendentemente agradável – culminou na escolha de 19 pessoas negras, das quais 16 são mulheres. Ouvindo algumas histórias, eu me impressiono com as experiências de vida e o nível de excelência de cada uma, e me orgulho de fazer parte deste grupo. Com selecionados tão qualificados, por que este programa é tão revolucionário e necessário?

 

Eu tive uma experiência muito diferente da maioria das pessoas pretas no Brasil. Desde que nasci, moro em uma casa própria e frequentei excelentes instituições de ensino, pratico hipismo desde os 10 anos (seguindo os passos do meu pai) e aprendi a falar inglês aos 18 anos (com o incentivo da minha mãe). Aos 20 anos, fui cursar parte da minha graduação nos Estados Unidos por meio do programa Ciência Sem Fronteiras, e tive a oportunidade de estagiar em uma empresa estadunidense de arquitetura e engenharia. Aos 24 anos, iniciei um programa de estágio de férias com foco em Lean Manufacturing em uma grande multinacional, que culminou em um contrato de estágio de um ano. É um pouco desconfortável para mim falar sobre todas essas oportunidades, felicidades e privilégios, mas eu fiz questão de elencar todas essas experiências para comentar sobre uma característica que todas elas tiveram em comum: eu sempre fui, se não a única, uma das poucas pessoas pretas presentes.

 

E é esse um dos grandes diferenciais do Programa de Trainees Liderança Negra na minha opinião: poder entrar em uma sala de treinamento e ver tantos rostos e cabelos que eu nunca vi juntos nesses espaços de prestígio. Continuar fazendo os mesmos processos seletivos e exigindo as mesmas experiências e competências só pode resultar em mais do mesmo ou em uma mudança que é muito mais lenta do que o necessário para ajudar na criação de uma sociedade com mais equidade. A Bayer entendeu isso e fez diferente. Esse Programa é a manifestação dos esforços das pessoas pretas e aliadas dentro e fora da Bayer, que conseguiram sua oportunidade, seu espaço e lutaram para trazer mais pessoas junto. E é por isso que ele é lindo.

 

Tags: Trainees, Oportunidade, Programa de Trainees Liderança Negra da Bayer.

Marcelle CostaMarcelle Costa é mineira, formada em engenharia elétrica pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, e trainee de Supply Chain Process Excellence LATAM na Bayer.