13/12/2016

Patrulha Percevejo – monitoramento e aplicação correta

Bayer oferece ao sojicultor do PR e MS serviço de monitoramento do percevejo marrom

A partir de agora a Bayer oferece ao produtor o Patrulha Percevejo, serviço de monitoramento de percevejos nas lavouras de soja e milho com objetivo de diminuir o prejuízo da praga no campo. O serviço está disponível para clientes do Paraná e Mato Grosso do Sul participantes do Programa de Pontos da empresa. Até o momento, mais de 70 mil hectares de soja foram monitorados.

Hoje o percevejo marrom é uma das pragas mais agressivas da cultura da soja no Brasil. De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a soja é atacada por várias pragas que podem acometer a produtividade, porém, os percevejos são os que têm apresentado maior preocupação quanto aos danos causados e a dificuldade de controle, pois atacam diretamente a vagem e o grão, causando perdas de produtividade e qualidade.

De acordo com o Tiago Nascimento, gerente de clientes da Bayer, o grande benefício deste monitoramento é a identificação do momento ideal para entrar com as aplicações de inseticidas nas lavouras, tendo assim um melhor aproveitamento dos produtos utilizados. “O monitoramento é a chave para o sucesso do controle desta praga. O foco do serviço é resolver este grande problema e ajudar o produtor a alavancar sua produtividade”.

Para o doutor em entomologia e pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste, Crebio Avila, essa iniciativa terá grande impacto no sistema de produção de soja. “O monitoramento é a essência do manejo integrado de pragas na lavoura, pois pode aumentar a eficiência no controle dos insetos e também pode proporcionar redução do custo de produção”.

O serviço pode ser solicitado por meio do Programa de Pontos da Bayer, “clientes com pontos acumulados, podem trocá-los pelo serviço dentro da plataforma do programa. Com isto estamos conseguindo levar ao produtor uma solução integrada composta de produtos, serviços e assistência técnica personalizada”, analisa Nascimento, que complementa dizendo que “semanalmente as lavouras serão visitadas e monitoradas. Se o técnico identificar um alto índice de infestação, o produtor é orientado a tomar as decisões mais adequadas para o manejo”.

Solução Bayer – O Connect é um inseticida para o controle do complexo de pragas na soja, em especial, o percevejo, considerado um dos insetos de mais difícil controle. Ele está registrado para o controle dos principais percevejos na sojicultora. Recomenda-se o uso da solução no controle dos percevejos no início da infestação, impedindo um aumento rápido da população da praga no momento mais sensível da soja, o que refletirá em uma melhor produtividade e qualidade do grão colhido.

O ciclo do percevejo – É durante a floração e no aparecimento das primeiras vagens que a população de percevejo aumenta. O período crítico para a soja é a fase de enchimento dos grãos, quando fica mais sensível e a infestação de percevejos ocorre com maior intensidade. Alimentando-se diretamente dos grãos, os percevejos são responsáveis não somente pela queda da produção, mas também da qualidade da semente, causando enormes prejuízos à lavoura, se não forem controlados a tempo.

O Manual de Pragas de Soja explica que os percevejos marrons causam basicamente três tipos de danos às culturas: enrugamento ou chochamento dos grãos, provocado pela sucção da seiva das vagens ainda verdes; retenção foliar ou “soja louca”, caracterizada pela permanência de folhas verdes nas plantas quando as vagens já estão em ponto de colheita; e o favorecimento da ação de doenças sobre os grãos e as sementes, que provocam danos antes e após a colheita.

Bayer: Science For A Better Life (Ciência para uma Vida Melhor)

A Bayer é uma empresa global focada em Ciências da Vida nas áreas de cuidados com a saúde humana, animal e agricultura. Seus produtos e serviços são desenvolvidos para beneficiar as pessoas e melhorar sua qualidade de vida. Além disso, a companhia objetiva criar valor por meio da inovação. A Bayer é comprometida com os princípios do desenvolvimento sustentável e com suas responsabilidades sociais e éticas como uma empresa cidadã. Em 2015, o grupo empregou cerca de 117 mil pessoas e obteve vendas de € 46.3 bilhões. Os investimentos totalizaram € 2.6 bilhões e as despesas com Pesquisa & Desenvolvimento somaram € 4.3 bilhões. Esses números incluem os negócios de polímeros de alta tecnologia, que foram lançados no mercado de ações como companhia independente nomeada Covestro, em 06 de outubro de 2015.

Para mais informações sobre a divisão Crop Science, acesse nosso site: www.bayer.com.br e os nossos canais nas redes sociais: Facebook (www.facebook.com/BayerCropScience.BR); Twitter (@Bayer4CropsBR); YouTube (www.youtube.com/BayerCropScienceBR).

Informações à imprensa

S2Publicom – Assessoria de Imprensa

Carlos Nascimento Jr. – carlos.nascimento@s2publicom.com.br 
Telefone: (11) 3027-0210 / 98459-5253
Rogério Sousa – rogerio.sousa@s2publicom.com.br
Telefone: (11) 3531-4961 / 99995-8329
Isadora Mota – isadora.mota@s2publicom.com.br
Telefone: (11) 3027-0265 / 99624-8253
Joelma Amaral – joelma.amaral@s2publicom.com.br
Telefone: (11) 3531-4957 / 98335-0082

Bayer - Comunicação Brasil

Renata Rossini – renata.rossini@bayer.com
Telefone (11) 5694-7431 / 98360-3538
Aline Pasetchny – aline.pasetchny@bayer.com
Telefone (11) 5694-4278 / 98380-0530
Paulo Pereira – paulo.pereira@bayer.com
Telefone (11) 5694-5947 / 98338-7313

Declarações antecipadas quanto ao futuro

Este press release pode conter declarações quanto ao futuro baseadas em suposições e previsões atuais feitas pela administração do Grupo Bayer ou suas divisões de negócios. Diversos riscos conhecidos e desconhecidos, incertezas e outros fatores podem causar diferenças relevantes entre os reais resultados futuros, situação financeira, desenvolvimento ou desempenho da Empresa e as estimativas aqui fornecidas. Tais fatores incluem aqueles discutidos nos relatórios públicos da Bayer disponibilizados em seu website www.bayer.com. A Empresa não assume responsabilidade alguma pela atualização de tais declarações antecipadas quanto ao futuro nem sua adaptação a eventos ou desenvolvimentos futuros.