07/06/2018

Bayer conclui a aquisição da Monsanto

São Paulo, 7 de junho de 2018 – Na quinta-feira a Bayer completou de forma bem-sucedida a aquisição da Monsanto. As ações da empresa americana não serão mais negociadas na Bolsa de Valores de Nova Iorque, agora que a Bayer é a única proprietária da Monsanto. Os acionistas da Monsanto receberão 128 dólares por cada ação. A J.P. Morgan auxiliou a Bayer a concluir o processo de pagamento desta que foi a maior aquisição da história da empresa.

De acordo com a aprovação condicional do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, a integração da Monsanto com a Bayer poderá acontecer assim que os desinvestimentos para a BASF estejam concluídos. É esperado que o processo de integração comece em aproximadamente dois meses.

"Hoje é um ótimo dia: para os nossos clientes – agricultores ao redor do mundo, aos quais seremos capazes de ajudar a manter e aumentar cada vez mais suas colheitas; para nossos acionistas, pois essa transação tem o potencial de criar valor significativo; e para os consumidores e a sociedade como um todo, pois estaremos melhor posicionados para ajudar os agricultores de todo o mundo a cultivar alimentos mais saudáveis e acessíveis e de maneira sustentável. Como um motor líder em inovação na agricultura, nós oferecemos aos colaboradores mundialmente empregos atrativos e oportunidades de desenvolvimento," disse Werner Baumann, Presidente do Conselho de Administração da Bayer."Nossas metas ligadas a sustentabilidade são tão importantes quanto nossas metas financeiras. Nosso objetivo é estar em linha com as responsabilidades que uma posição de liderança na agricultura implica e aprofundar o nosso diálogo com a sociedade."

"O anúncio de hoje representa um importante marco rumo ao objetivo de criar uma empresa líder na agricultura, ajudando os agricultores em seus esforços de serem mais produtivos e sustentáveis, beneficiando nosso planeta e os consumidores," disse Hugh Grant, atual Presidente e CEO da Monsanto. "Estou orgulhoso do caminho que percorremos como Monsanto e estou ansioso para como a nova companhia poderá impulsionar a agricultura moderna."

Liam Condon, membro do Conselho de Administração da Bayer, irá liderar a divisão Crop Science quando a integração começar. Até lá, a Monsanto e a Bayer continuam a operar de forma independente.

Sobre a Bayer

A Bayer é uma empresa global com competências em Ciências da Vida nas áreas de agricultura e cuidados com a saúde humana e animal. Seus produtos e serviços são desenvolvidos para beneficiar as pessoas e melhorar sua qualidade de vida. Além disso, a companhia objetiva criar valor por meio da inovação. A Bayer é comprometida com os princípios do desenvolvimento sustentável e com suas responsabilidades sociais e éticas como uma empresa cidadã. Em 2017, o Grupo empregou cerca de 99 mil pessoas e obteve vendas de € 35 bilhões. Os investimentos totalizaram € 2.4 bilhões e as despesas com Pesquisa & Desenvolvimento somaram € 4.5 bilhões. Para mais informações, acesse www.bayer.com.br.

Informações à imprensa

Weber Shandwick – Assessoria de Imprensa
Carlos Nascimento Jr. - cnascimento@webershandwick.com
Telefone: (11) 3027- 0210 / 98459-5253
Joelma Amaral - jamaral@webershandwick.com
Telefone: (11) 3531-4957 / 98335-0082

Bayer – Comunicação Brasil

Renan Magalhães - renan.santos@bayer.com
Telefone: (11) 5694-8020 / 96930-6999
Aline Pasetchnyaline.pasetchny@bayer.com
Telefone: (11) 5694-4278/ 98380-0530
Paulo Pereira - paulo.pereira@bayer.com
Telefone: (11) 5694-5947/ 98338-7313

Notas de advertência relativas a declarações prospectivas

Certas declarações aqui contidas podem constituir "declarações prospectivas". Os resultados reais podem diferir de forma relevante dos projetados ou previstos nas declarações prospectivas. Os fatores que podem fazer com que os resultados reais difiram de forma relevante incluem os seguintes: o risco de que as partes sejam incapazes de alcançar as sinergias e eficiências operacionais esperadas da fusão dentro dos períodos de tempo esperados (ou que sequer o consigam) e de integrar com êxito as operações da Monsanto Company ("Monsanto") às da Bayer Aktiengesellschaft ("Bayer"); tal integração pode ser mais difícil, demorada ou custosa do que o esperado; as receitas após a operação podem ser mais baixas do que o esperado; os custos operacionais, a perda de clientes e a interrupção dos negócios (incluindo dificuldades em manter relacionamentos com funcionários, clientes ou fornecedores) podem ser superiores ou mais relevantes do que o esperado após a operação; a retenção de certos funcionários-chave da Monsanto; a capacidade das partes de cumprir com as expectativas relativas aos tratamentos contábil e tributário da fusão; o impacto de refinanciar empréstimos assumidos para a operação, o impacto da dívida assumida pela Bayer com relação à operação e o potencial impacto da classificação da dívida da Bayer; os efeitos da combinação dos negócios da Bayer e da Monsanto, incluindo a condição financeira, resultados operacionais, estratégia e planos futuros da empresa combinada; outros fatores detalhados no Relatório Anual da Monsanto no "Form 10-K" arquivado junto à Securities and Exchange Commission dos EUA ("SEC") para o exercício findo em quinta-feira, 31 de agosto de 2017 e outros arquivamentos da Monsanto junto à SEC, disponíveis em http://www.sec.gov e no website da Monsanto, em www.monsanto.com; e outros fatores discutidos nos relatórios públicos da Bayer, que estão disponíveis no website da Bayer, em www.bayer.com. A Bayer não assume qualquer obrigação de atualizar as informações aqui contidas, exceto conforme exigido por lei. Os leitores são advertidos a não depositar confiança indevida nessas declarações prospectivas, que se referem somente à data atual.