14/07/2015

Homens temem falhar “na hora H”, desconhecem a andropausa e não procuram o médico para prevenção de doenças, aponta pesquisa

Apesar da preocupação com desempenho sexual, 51% dos entrevistados nunca foram ao urologista. Estudo revela ainda medo da velhice e receio de doenças cardiovasculares, impotência e câncer de próstata

São Paulo, 14 de julho de 2015 – Eles querem manter o vigor sexual com o passar dos anos. No entanto, a maioria deles não busca acompanhamento médico ou sequer já ouviu falar em andropausa, processo natural do organismo masculino, no qual, em muitos casos, há queda na produção de testosterona. É o que aponta uma recente pesquisa inédita realizada pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) em parceria com a Bayer.

 

Foram entrevistados 3.200 homens, com mais de 35 anos, em oito cidades brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Curitiba) e, apesar da facilidade de acesso à informação disponível atualmente, 57% deles nunca ouviu falar de andropausa ou hipogonadismo e 71% sequer conhece os sintomas do problema que pode ocasionar a tão temida impotência sexual.

 

As visitas ao especialista também são negligenciadas: 51% dos entrevistados nunca consultou um urologista e a falta de tempo é a razão mais apontada por eles (33%), seguida de perto pela ausência de motivos (32%) ou por medo (15%).

 

Quando questionados sobre as razões pelas quais pode ocorrer queda nos níveis de testosterona, a falta de conhecimento persiste. Segundo 30% dos homens ouvidos, o problema está ligado ao excesso de trabalho e estresse do dia a dia e 17% acredita na relação com problemas emocionais e psicológicos. Apenas 15% entende que são as mudanças nos níveis hormonais que podem ocasionar a andropausa. 68% não sabe a diferença entre terapia de reposição hormonal e estimulante sexual.

 

É extremamente importante os homens visitarem um médico regularmente. Muitos sintomas não se manifestam prontamente e podem desencadear doenças mais graves. Dessa forma, há a possibilidade de uma detecção precoce e indicação do devido tratamento, evitando qualquer impacto na qualidade de vida do paciente”, alerta Dr. Carlos Corradi, presidente nacional da Sociedade Brasileira de Urologia.

O mau desempenho na “hora H” afeta a autoestima de 38% dos entrevistados, 33% considera ter o relacionamento com a parceira prejudicado e 16% tem menor qualidade de saúde e bem-estar. No entanto a performance sexual, segundo dados da pesquisa, está muito mais ligada ao receio de não ter ereção (42%) e não ter prazer (25%) do que não satisfazer a companheira (24%).

 

Um dado preocupante da pesquisa é sobre o uso recreativo ou sem prescrição de medicamentos para disfunção erétil: 62% dos entrevistados utilizam essas substâncias por meio da automedicação, recomendada por amigos, na farmácia ou por meio de informações encontradas na internet. É importante ressaltar os riscos da prática da automedicação.

 

A pesquisa revela ainda que 51% dos 3.200 homens entrevistados assumiu ter traído sua companheira/esposa e mostra a sua preocupação com a velhice. Somente 43% dos entrevistados encara a velhice de forma positiva, destacando pontos como ter mais tempo para curtir a família (27%) ou se dedicar a um hobby (16%).

 

“A obesidade e o diabetes somados à hipertensão e ao sedentarismo podem desencadear doenças cardiovasculares entre outros problemas de saúde, afetando a vida sexual dos homens”, alerta Dr. Roni de Carvalho Fernandes, presidente da SBU-SP e professor Assistente da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

 

 

Sobre a Bayer HealthCare

O Grupo Bayer é uma empresa global com atuação nas áreas de saúde, agricultura e materiais de alta tecnologia. A Bayer HealthCare, divisão da Bayer AG, com vendas anuais de cerca de EUR 20 bilhões (2014), é uma das mais importantes e inovadoras empresas do setor de saúde e produtos médicos do mundo, sediada em Leverkusen, Alemanha. O objetivo da Bayer HealthCare é descobrir, desenvolver, fabricar e comercializar produtos que irão melhorar a saúde humana e animal em todo o mundo. A Bayer HealthCare tem uma força de trabalho global de 60.700 funcionários (2014) e está representada em mais de 100 países. Investe anualmente mais de EUR 2 bilhões em Pesquisa & Desenvolvimento de produtos inovadores. A atuação no Brasil contempla diferentes áreas de negócio: Saúde Feminina, Medicina Especializada, Medicina Geral, Radiologia & Intervenção, Consumer Care, Diabetes Care e Saúde Animal.

 

Para mais informações, consulte o site da Bayer HealthCare no www.bayerhealthcare.com.br

 

Sociedade Brasileira de Urologia

Com 88 anos de história, a entidade congrega mais de quatro mil urologistas de todo o país. Defensora da saúde do homem, a SBU organiza anualmente campanhas de esclarecimento de doenças como câncer de próstata, câncer de pênis e incontinência urinária. A urologia engloba ainda assuntos relacionados à disfunção erétil, à ejaculação precoce, ao cálculo renal, ao câncer de testículo, à enurese noturna infantil (xixi na cama) entre outros. A entidade tem um site específico para os leigos com esclarecimento de doenças urológicas: www.sbu.org.br. Em seu Facebook www.fb.com/SociedadeBrasileiraUrologia todos os dias há posts de esclarecimento para a população.

 

Sobre a andropausa

A andropausa também conhecida por Deficiência Androgênica do Envelhecimento Masculino (DAEM) é um tipo de hipogonadismo caracterizado pela diminuição da produção de testosterona relacionada ao envelhecimento do homem. Esta diminuição nos níveis de testosterona torna-se mais acentuados a partir dos 45 anos, quando podem aparecer sinais e sintomas, tais como, alterações de humor, cansaço, sensação de perda de energia, diminuição da libido, disfunção erétil, perda de massa óssea e massa muscular. O tratamento para o DAEM, quando recomendado, é feito através da terapia de reposição de testosterona.

 

Informações à imprensa | Burson-Marsteller
Erika Figueiredo: (11) 3094-2297 | erika.figueiredo@bm.com

Fernanda Fernandes: (11) 3094-2253 | fernanda.fernandes@bm.com

Alessandra Muro: (11) 3094-2274 | alessandra.muro@bm.com

Alyssa Saldanha: (11) 3094-2274 | alyssa.saldanha@bm.com

Raquel Matrone: (11) 3040-2411 | raquel.matrone@bm.com

Fabiana Delgado: (11) 3094-2242 | fabiana.delgado@bm.com

 

Assessoria de Imprensa da Sociedade Brasileira de Urologia | Vithal Comunicação Integrada

Aline Thomaz: (21)9-9846-1967 / alinethomaz@vithal.com.br

Bruna Franco: (21)9-8556-7840 / bruna.franco@vithal.com.br