Comunidade

Por uma vida melhor

A Bayer promove atividades esportivas e culturais desde sua fundação. A abrangência de projetos, clubes e associações patrocinados pela Empresa nas áreas de Esporte e Cultura é única em todo o mundo.

Escola de Futebol

A Escola de Futebol da Bayer, em Belford Roxo (RJ), atende anualmente 250 crianças e jovens carentes de 11 a 19 anos. O principal objetivo do projeto é a educação. Para treinar, o atleta tem que comprovar freqüência na escola e apresentar seu boletim periodicamente, mostrando que mantém suas notas acima da média. Considerada uma das melhores da Baixada Fluminense, a Escola oferece um campo oficial e um campo de areia para os treinos, além de todo o material esportivo, oficina de Redação e Português como um reforço escolar para os atletas e aulas de Informática. Este ano a novidade é um time formado por mulheres com idade entre 16 e 20 anos. Desde a sua criação, em 1993, a Escola já recebeu 18 mil inscrições para o projeto e formou mais de 2 mil atletas e cidadãos.

Olimpíadas da Cidadania

Anualmente, mais de 7 mil crianças e jovens atletas e cerca de 300 portadores de deficiências físicas e mentais participam das Olimpíadas da Cidadania de Belford Roxo. Realizada com patrocínio da Bayer desde 1995, o evento conta com diversas competições esportivas, nas categorias feminina e masculina. Para os portadores de necessidades especiais são realizadas competições de natação, judô, futebol de salão e hóquei sobre piso também nas categorias masculina e feminina. As Olimpíadas da Cidadania de Belford Roxo são o único projeto de inclusão de portadores de deficiências da Baixada Fluminense e combina o incentivo ao esporte com inclusão social.

Jovens para um Futuro Melhor

A Bayer também apóia uma iniciativa cultural da escola de samba Inocentes de Belford Roxo, no Rio de Janeiro. Chamado Jovens para um Futuro Melhor, o projeto consiste em oficinas profissionalizantes para jovens carentes onde eles aprendem, por exemplo, corte, costura e todo o processo de criação e montagem de figurinos para eventos culturais, como o Carnaval. Com o objetivo de desenvolver mão-de-obra qualificada para o mercado da produção cultural, o projeto também cria perspectivas para a formação de equipes especializadas na produção de roupas de espetáculos em todas as suas fases, da concepção do figurino até o acabamento final.