Gestão

Posições Relevantes

Como parte da estratégia corporativa da Bayer, a sustentabilidade está firmemente estabelecida ao nível do Conselho. O professor Wolfgang Plischke é o membro do Conselho de Administração responsável pela Tecnologia, Inovação e Sustentabilidade - e é, portanto, Diretor de Sustentabilidade da empresa.

Gunnar Friede e Prof. Wolfgang Plischke Zoom image
Ampliar imagem - Gunnar Friede, Gestor do Fundo Sênior da DWS Investments e Prof. Wolfgang Plischke, membro do Conselho de Administração da Bayer AG, responsável por Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade e na região da Ásia/Pacífico

O Departamento de Meio Ambiente e Sustentabilidade, no Centro Empresarial liderado pelo Dr. Wolfgang Grosse Entrup, que também preside a Comissão de Desenvolvimento Sustentável (sd) reporta-se diretamente a ele. O Comitê , que gerencia a integração da sustentabilidade nas operações de negócios, compreende os oficiais de sustentabilidade de alto escalão nos subgrupos, juntamente com os chefes de Desenvolvimento Corporativo, Comunicação e Recursos Humanos & Organização.


As tarefas do Comitê também incluem identificar e avaliar oportunidades e riscos relacionados à sustentabilidade para a empresa. Além disso, estabelece metas, decide se haverá a participação em iniciativas externas, prepara regulamentações para o grupo e verifica se elas estão sendo cumpridas.

Diálogo intenso e desafiador sobre temas e desafios específicos da empresa

O Comitê de mantém contatos estreitos com outros organismos da Bayer, como os comitês de Saúde, Segurança, Proteção Ambiental, Qualidade (QSMS); inovação; Operações Industriais; tecnologia; e Assuntos Governamentais e Públicos. Questões estratégicas para a empresa são discutidas, e as estratégias são desenvolvidas para o futuro. Eventos de diálogo direcionados a questões específicas, com as partes interessadas externas conhecidas, garantem um novo impulso para o desenvolvimento futuro estratégico.


Metas e indicadores de desempenho nos ajudam a operacionalizar os elementos relacionados à sustentabilidade da estratégia corporativa e a acompanhar os seus resultados. Nossas metas ambiciosas até 2015, o que nos propusemos em 2011, começam com a cadeia de valor agregado.


Em 2012, nós também iniciamos um processo para melhorar a nossa avaliação do valor social agregado, direta e indiretamente. Ao contrário das metas de gestão claramente mensuráveis, quantitativas, grande parte da nossa contribuição para a sociedade ainda não pode ser quantificada. O objetivo é desenvolver uma ferramenta que possa ser utilizada para melhorar a nossa avaliação, da nossa contribuição para o componente "Better Life" (melhoria na qualidade vida) de nossa missão, e torná-lo mais visível do que antes.


Além desses comitês e alvos de todo o Grupo, nossos subgrupos, regiões e países criaram estruturas organizacionais focadas em questões, metas e medidas específicas e pertinentes. Uma visão geral do desenvolvimento da sustentabilidade da Bayer poderá ser encontrada on-line.